Palavra do Paróco

São João Bosco, ou Dom Bosco, teve uma experiência profunda com Nossa Senhora desde a sua infância.

São João Bosco, também conhecido como “Dom Bosco”, foi um sacerdote da Igreja Católica que teve, durante toda a sua vida, uma profunda devoção a Nossa Senhora. Por isso, não é possível falar deste grande santo sem mencionar sua profunda devoção a Virgem Maria.

São João Bosco nasceu perto de Turim, na Itália, no dia 16 de agosto de 1815. Muito cedo conheceu o sofrimento, pois perdeu o pai tendo apenas 2 anos. Dom Bosco se ordenou Sacerdote e doou sua vida pelos jovens, principalmente pelos mais pobres. Em 31 de janeiro de 1888, depois de ter se desgastado por amor a Deus e pela salvação das almas, ele partiu para a eternidade.

Dom Bosco sempre teve uma profunda devoção a Virgem Maria. Aos nove anos de idade, Dom Bosco teve seu primeiro sonho a respeito da presença de Nossa Senhora em sua vida. Mas, quem lhe ensinou a devoção a Maria foi a sua Mãe : mamãe Margarida. Ele carregou essa devoção mariana durante toda a sua vida. Nossa Senhora aparece com muita frequência nos sonhos e nas visões de Dom Bosco. O Santo divulgou a devoção à Virgem Maria sob outros títulos, mas, em certo momento de sua vida, ele decide divulgar a devoção a Nossa Senhora Auxiliadora, que acabou ficando conhecida como a Virgem de Dom Bosco.

O título de Nossa Senhora Auxiliadora está ligado à batalha de Lepanto, na qual a Igreja lutou contra os infiéis, que queriam invadir a cristandade. Dom Bosco escolheu esta devoção porque num tempo no qual se ensina muitas coisas erradas, heresias, doutrinas contrárias à Igreja, nós precisamos de Nossa Senhora Auxiliadora para que ela nos mantenha na verdadeira fé.

Portanto, em tempos de incertezas, nos quais a Igreja é atacada com heresias e falsas doutrinas, nos apeguemos a Nossa Senhora Auxiliadora, à celebração da Eucaristia e aos ensinamentos do Santo Padre, o Papa, como fez e ensinou Dom Bosco. Em tempos de crise de fé, a vida mística de São João Bosco nos recorda a importância da oração, da penitência, do sacrifício em nossas vidas. Como Dom Bosco, nestes tempos difíceis em que vivemos, nos confiemos à proteção de nossa Mãe, Nossa Senhora Auxiliadora: Nossa Senhora, Auxiliadora dos Cristãos, rogai por nós!

Nos confiemos também a São João Bosco: Dom Bosco, educai-nos para a santidade!

NOVENA A NOSSA SENHORA AUXILIADORA

Aconselhada por São João Bosco para obter graças e favores

Rezar por nove dias seguidos:

Três Pai-Nossos, três Ave-Marias e três Glórias ao Santíssimo Sacramento com a prece: Graças e louvores se dêem a todo o momento ao Santíssimo e Diviníssimo Sacramento.

  • Em seguida, três Salve-Rainhas a Maria Santíssima Auxiliadora, com a invocação: Nossa Senhora Auxiliadora, rogai por nós.
  • Receber, durante a Novena, os Santos Sacramentos da Confissão e da Eucaristia.
  • Fazer uma oferta, segundo as próprias possibilidades para a educação cristã dos meninos pobres.
  • Ter muita fé em Jesus, presente na Eucaristia, e em Maria Auxiliadora

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA AUXILIADORA

composta por São João Bosco Ó Maria, Virgem poderosa, Tu, grande e ilustre defensora da Igreja, Tu, Auxílio maravilhoso dos cristãos, Tu, terrível como exército ordenado em batalha, Tu, que, só, destruíste toda heresia em todo o mundo: nas nossas angústias, nas nossas lutas, nas nossas aflições, defende-nos do inimigo; e na hora da morte, acolhe a nossa alma no paraíso.

Amém

© 2019 - Paróquia São João Bosco | Goiânia - GO -Todos os direitos reservados.